Novidades 2015: O verdadeiro “Ginásio Gourmet”!!

Slide1

Caros amigos,

Aproxima-se a entrada de um novo ano, para o qual, tenho imensos projetos e desejos!

Desejo sobretudo…
…continuar a minha busca em resgatar todo o meu potencial,
tornar-me uma pessoa mais sábia e mais feliz…
… encontrar os caminhos que me façam levar o que de melhor tenho a mais pessoas…
… viver intensamente o momento presente …
e viver sobretudo, o AMOR!

Em Outubro de 2013, durante a minha viagem de lua-de-mel, tive a feliz oportunidade de vivenciar inúmeras experiências diferentes desde:
… ficar em hotéis de 4 e 5 estrelas onde não faltava o luxo e o conforto de uma boa cama,
… desfrutar dos gigantes buffets que nos fazem ter fome e/ou vontade de comer tudo e mais alguma coisa, logo na primeira refeição do dia 🙂 …
… comer num dos mais prestigiados restaurantes de comida Thai do mundo…
… desfrutar das belíssimas paisagens das Maldivas, verdadeiramente paradisíacas…
… de um pôr de sol inesquecível num dos templos de Angkor…

ATÉ
… sentir todos os pontos (e mais alguns!) das minhas costas, que ficaram a tratar as cadeiras dos aeroportos por “tu” depois de dormir nelas e tentar imaginar que estava numa excelente cama 🙂
… a afagar o estômago em locais de rua que pareciam improvisados, onde comi verdadeiros pitéus a muito baixo custo…

Mas… houve um lugar que me tocou especialmente em toda a viagem…
No Camboja, ficamos instalados num pequeno hotel onde me fizeram sentir como a simplicidade, a genuinidade e o AMOR superam qualquer hotel de luxo onde (apesar de haver simpatia – eu diria mais! funcionários “treinados” para serem simpáticos!!) não é possível sentirmos isto, não só devido ao elevado número de hóspedes mas ao próprio conceito que opera e que eu chamaria de mais “comercial”. Fomos recebidos no aeroporto por uma funcionária do hotel e esperava-nos no táxi garrafas de água frescas, um ramos de flores de lotus para cada um e umas toalhinhas com um aroma fantástico para nos refrescarmos. À chegada do hotel, receberam-nos com um welcome drink, disponibilizaram-nos um telemóvel para o que necessitássemos e prepararam-nos o quarto à altura da ocasião! Tínhamos incluído a lavagem de toda a roupa que quiséssemos, uma refeição no hotel e um taxista que nos levava para onde desejássemos durante o dia…Enfim, não havia mais nada para nos darem ou para tentarem elevar o simples hotel a algo parecido com um hotel luxuoso. Avisamos a funcionária de que iríamos fazer a refeição oferecida pelo hotel ao jantar…
… E, como um jantar tão simples e modesto me ficará para sempre na memória…

Lua-de-mel__1296_-copia

Prepararam-nos uma mesa no exterior, iluminada pela luz de duas tochas, onde estávamos apenas os dois (o verdadeiro jantar para um casal em lua de mel!!) e a funcionária, que não trabalhava durante a tarde, ficou no hotel para ajudar a cozinha na preparação dos pratos.

A cada prato que nos chegou… a cada delicadeza sentida… a cada sorriso e espontaneidade do empregado de mesa… a todo aquele entorno … uma lágrima escorria pelo meu rosto…

Ali, aprendi a enorme lição de que:

onde há AMOR, não falta mais nada…

Pude perceber também, o que as práticas budistas tibetanas têm contribuído na minha transformação… Porque comecei a sentir que se eu estiver Feliz, estou feliz com qualquer entorno, em qualquer lugar do mundo e posso desfrutar e retirar o máximo de prazer em qualquer situação! Essa felicidade não depende, de todo, daquilo que tenho ou não tenho externamente…

Dois meses depois do regresso dessa viagem, sensivelmente há um ano atrás, movida por essas novas experiências, pensei em como poderia tocar o coração de cada pessoa como tocaram o meu naquele hotel do Camboja. Tantas vezes que não pômos em marcha os nossos projetos porque a nossa mente teima em dizer: “ah, mas não posso! porque me falta isto, mais aquilo, etc e tal…” e eu tive a experiência de que temos que fazer o nosso melhor com aquilo de que dispomos desde que não falte AMOR na nossa intenção.
Então, decidi criar o meu próprio espaço… um espaço simples (mas muito acolhedor!) que refletisse aquilo que Sou e onde eu pudesse receber todos aqueles que desejam iniciar o seu próprio caminho de (re)encontro à sua energia original, de (re)encontro ao seu coração…

O meu Estúdio é o meu “pequeno templo” e é um espaço para quem procura uma alternativa diferente às imensas ofertas do mercado que propõem apenas o exercício físico como uma condição para melhorarmos a nossa saúde. Aqui, a proposta é exercitarmos não só o nosso corpo mas, também a nossa mente. A nossa mente causa-nos muitos problemas e é através da mente que geramos todas as emoções negativas mas, a boa notícia é que podemos também exercitá-la! Como? Através da Meditação. Assim, eu chamaria ao meu estúdio um ginásio da mente porque, aqui, treina-se a mente, através do corpo e para chegarmos ao nosso Coração! Melhor ainda! eu chamaria ao meu Estúdio de Yoga e Meditação o Ginásio Gourmet porque todos aqueles que aqui vêm são tratados e olhados na sua individualidade :))

Com esta “brincadeira” do Ginásio Gourmet dei-me ao trabalho de ir descobrir os significados por detrás da palavra…” Gourmet evoca um ideal cultural, associado com as artes culinárias. Assim um vinho ou um restaurante diz-se gourmet quando este é de alta qualidade e está reservado a paladares mais avançados e a experiências gastronómicas mais elaboradas. Por consequência os produtos e ou refeições gourmet são normalmente mais caras que os seus equivalentes não gourmet. A palavra gourmet tem ascendência francesa e o seu significado original designava os bons apreciadores de vinho, os verdadeiros conhecedores. Actualmente já faz parte do vocabulário português e alargou o seu âmbito a tudo o que se relaciona com os prazeres da mesa, sempre na perspectiva da autenticidade e da qualidade
O que sublinhei é o que podem encontrar aqui no Estúdio! (risos) mas, obviamente, sem relacionarmos com a culinária (embora em ocasiões especiais os alunos também já tiveram a oportunidade de apreciar os meus dotes culinários!!) então vejamos:

IMG_0929

No meu Estúdio de Yoga e Meditação encontras:

 “Alta qualidade” – os alunos podem usufruir de verdadeiras sessões de relaxamento no final das aulas, onde têm o prazer de relaxar com música ao vivo ao som do meu piano :)) ;

 “reservado a paladares mais avançados” – pois, só aqueles que se querem transformar e serem mais felizes é que procuram este tipo de práticas…(admito que nem todos estão preparados para os ensinamentos que Buda nos deixou…);

 “os bons apreciadores” – aqui há lugar para estes mas, que sabem apreciar o bom que a vida lhes pode oferecer;
 “tudo o que se relaciona com os prazeres” – não da mesa! mas da VIDA!
 “sempre na perspectiva da autenticidade e da qualidade” – porque aqui, descobres o teu Ser mais autêntico e o atendimento é de enorme qualidade :))

Ah, reparaste que não sublinhei “são normalmente mais caras que os seus equivalentes não gourmet” ? – aqui os preços das aulas e atendimentos gourmet adaptam-se aos tempos atuais!

E, é com muito humor que vos desejo um ótimo ano 2015…

E… como o artigo já vai longo… as novidades seguirão na newsletter de Janeiro!

Um abraço, até breve,

Joana Rainha

JR_LOGOFINAL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s