Corpo, um veículo precioso!

Slide1

Caros amigos,

Ontem, num telefonema com uma amiga, apercebi-me que, quando estou um pouco mais silenciosa (e pareço menos ativa) aqueles que lêem os meus artigos ou que, de alguma forma, me seguem e ao meu trabalho ficam inquietos, estranham ou sentem falta, de alguma forma, de notícias minhas!!
E digo “pareço” porque, na verdade, o facto é que tenho andado demasiado ativa apesar da falta de emails, posts no Facebook ou, uma agenda mensal que parece mais desafogada…
A vida traz-nos exactamente o que necessitamos para irmos colocando em prática aquilo em que acreditamos e, eu que, apesar de acreditar nas práticas de meditação, no Amor e que tenho motivado outros a usarem métodos para estarem e serem mais felizes, não sou diferente de qualquer ser humano.

Quando trabalhamos com o corpo vamos tendo uma consciência apurada em relação a tudo o que acontece com ele! às tensões, às dores, aos prazeres… Eu, que pratico diariamente, vou sentindo os benefícios: mais relaxamento, mais bem estar, mais energia. Contudo, esse incremento na energia pode tornar-se naquela sensação de que tudo é possível a este veículo chamado corpo… então, vem um power em que sentimos que somos capazes de tudo e que ganhamos uma pilha que nunca mais acaba! Podemos cair no erro de nos sentirmos invencíveis e super homens e mulheres esquecendo-nos que, o corpo é realmente um veículo fantástico mas que, tem limites!! Então, aprender a sentir e aceitar que temos limites pode levar-nos a decisões muito sábias!

Contudo, no nosso dia-a-dia, na nossa sociedade e na filosofia de grande parte das empresas, somos estimulados a pensar que, não há espaço para desistir, adoecer ou fracassar porque temos que nos tornar invencíveis, temos que nos tornar os tais “super homens e super mulheres”, temos que ter sucesso! e arranjam-se muitas justificações – para não perdermos o nosso lugar, para ter mais lucro, para ter melhores resultados visíveis no mercado, para estarmos à frente do nosso maior concorrente… E nós, se estivermos a ser movidos pelo medo tornamo-nos “máquinas perfeitas”, perdemos a criatividade, sensibilidade e intuição porque não há espaço para que isto se manifeste e começamos a acreditar que, realmente não são qualidades necessárias ao tão aclamado sucesso!! E, este sucesso, está a ser medido por cada euro que entre na conta do banco… Não importa se o corpo está doente, a mente a estourar ou se o tempo de lazer falta… Não importa se não consigo mais estar com os meus filhos (com tempo de qualidade!) ou com os meus amigos…
Então, vai passando mais um dia, e outro dia e, o nosso poder de tomar decisões fica cada vez mais fraco porque, em vez de estar a ser alimentado pelo Amor, está a ser alimentado pelo medo… Então, ficamos no mesmo lugar!! À espera que tomem alguma decisão por nós, que nos mudem de lugar ou que nos despeçam para podermos reclamar depois da vida e da sociedade e das pessoas, e do estado… Embora este processo que ocorre, seja, a maioria das vezes, inconsciente…

Eu já não culpo ninguém porque me sinto inteiramente responsável pela minha vida e por tudo aquilo que me acontece e este, é um grande ensinamento budista!! O mês passado fui a um retiro e, no início deste mês facilitei um retiro e, nas semanas anteriores e seguintes tive aqueles dias loucos em que não consegui parar – aulas privadas, massagens, solicitações dos alunos… – e a mente e o corpo não tiveram espaço para integrar toda a informação! Assim, como o António Variações tão bem canta “quando a cabeça não tem juízo, o corpo é que paga!” :)) E, estive dois dias em casa, parada, em silêncio (porque fiquei afónica e o corpo me obrigou a calar!!), febril, com a minha primeira dor de cabeça…

Respeitem o vosso corpo que é um veiculo precioso e que vos pode levar a profundas transformações!

Sejam responsáveis pela vossa vida e pelas vossas escolhas!

Meditem muito para tornar a mente mais calma e para transformar o medo em poder e Amor!

Não levem a vida tão a sério!

E, lembrem-se que, o melhor caminho é o do meio…

Estou quase quase a recuperar e, em breve, a trazer-vos novidades bem fresquinhas!

Um abraço, até breve,

Joana Rainha

JR_LOGOFINAL

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s