A lista dos desejos…

GRATIDÃO-2

Caros amigos,

Aproxima-se a entrada num novo ano e, com isso, cresce a vontade de refletirmos sobre tudo aquilo que fizemos (ou não chegamos a fazer!) e tudo aquilo que queremos fazer no novo ano ou todas as mudanças que desejamos que aconteçam.

Sentimos interna e naturalmente o encerramento de ciclos e preparamo-nos para o novo. Começam as nossas promessas a nós mesmos de que “este ano vou tirar mais tempo para mim… para o que mais gosto de fazer” ou “vou começar a fazer exercício físico” ou “vou viajar e conhecer aquele país que sempre quis”… E, começamos a pensar quais são realmente os 12 desejos a pedir durante as badaladas da meia-noite do último dia do ano!

Tenho aprendido que, um dos grandes segredos para obter aquilo que desejo tem sido mudar e transformar a minha mente… Então, em vez dos habituais pedidos porque não nos lembramos da Gratidão? Uns dias antes do Natal ofereceram-me um diário para 2016 que se chama “Diário da Gratidão” para anotar tudo aquilo por que sou grata a cada dia… e acho que esse deverá ser o foco!

Porque devemos ser gratos?

Baseada em algumas leituras e na minha própria experiência deixo-vos uma pequena lista que vos poderá ajudar a transformar o vosso pensamento!

  • Quanto mais agradecermos mais atrairemos coisas pelas quais nos sentiremos gratos;
  • Focar naquilo que temos traz-nos mais e focar no que não temos faz-nos sentir que nada é suficiente;
  • Tudo o que temos num determinado momento é exactamente o que necessitamos, na medida certa!
  • Quando a vida nos dá todas as razões de sermos negativos foquemos numa boa razão para sermos positivos. Há sempre algo pelo qual ser grato…
  • O segredo é deixarmos de classificar o que nos acontece como bom ou mau… Os dias “bons” dão-nos felicidade e os dias que consideramos “maus” dão-nos sabedoria. Ambos são essenciais. Todas as coisas contribuem para o nosso avanço e crescimento, por isso, lembremo-nos de incluir todas as coisas na nossa lista de gratidão.
  • Mais importante do que as nossas palavras ou aquilo que dizemos são as nossas acções e como vivemos. Não basta dizer, mostre. Não basta prometer, prove (a si mesmo!).
  • Quando algo se for embora da nossa vida, deixemos ir agradecendo e aceitando a impermanência de todas as coisas. Não existe o “durar para sempre” mas, se mudarmos o foco tudo se tornará em presentes lindos da nossa vida. Tudo aquilo que aparecer de novo, aceitemos de coração aberto!
  • Contemos as bênçãos da nossa vida, e comecemos com a respiração que estamos a realizar agora.
  • Sintamos tudo como um milagre! Se aprendermos a apreciar cada momento e a apreciar o presente, sentir-nos-emos cada vez mais vivos e, quando menos esperarmos estaremos a viver a Felicidade!

Desejem muito para 2016 mas, agradeçam mais!!

Um abraço, até breve

Joana Rainha

JR_LOGOFINAL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s