Viver o Amor de forma livre e consciente!

mito2

Caros amigos/as,

Nos últimos anos, especialmente nos artigos que escrevo e nos workshops e aulas que dou, tenho procurado abrir o meu coração, como sempre faço, em relação à minha busca diária em me conhecer e, a algumas mudanças que tenho experienciado através da meditação e de todas as práticas que faço e ensino. Assim, tenho procurado que as minhas escolhas sejam cada vez mais conscientes e baseadas nas novas descobertas do meu coração e não naquilo que me foi transmitido como verdadeiro ou correto.

Às vezes, aquilo que nos foi transmitido pode mesmo tornar-se num grande problema. Quando começamos a sentir, pelas nossas novas experiências que, aquilo que nos transmitiriam em relação a algum assunto já não faz qualquer sentido para nós ou não cabe no nosso coração podemos entrar num grande conflito interno sobre “aquilo que quero e sinto que é para fazer” e o “não posso fazer de forma diferente porque me ensinaram assim”. E, o conflito interno faz-nos entrar em diferentes emoções negativas… ou o medo de não sermos aceites, ou a culpa por não sermos aquilo que esperam de nós ou de não fazermos como nos ensinaram, ou a raiva de querermos fazer de acordo com o que o nosso coração nos sussurra mas de sentirmos que, se o fizermos vamos ser rejeitados e… por aí fora!

Vou confidenciar-vos uma coisa… nunca pensei em casar e, sabem por quê? Passo a explicar.

Durante alguns anos, quando tocava em casamentos, olhava para alguns casais e percebia-os completamente desligados e desconcentrados da pessoa (o padre) que celebrava o casamento… duvidava se estariam a ouvir alguma palavra… a maioria deles, parecia que nem sabiam bem porque estavam ali mas, é assim que normalmente toda a gente casa, para quê questionar? Questionar dá algum trabalho e às vezes problemas… e nós, queremos a todo o custo, evitar problemas. Só que, às vezes, custa-nos o nosso próprio coração ou a nossa liberdade de escolha…
Mesmo que, reparando nisto, eu fosse fazer diferente (pelo menos ouvir aquilo que o padre estaria a transmitir) eu pensava que se, eu não concordava com algumas leis da igreja não poderia dizer de ânimo leve um “sim, aceito”, isso não iria de acordo com a minha verdade e sentir. Não era só por isto, acho que sempre me assustou perder a liberdade e tinha a errada ideia de que a minha liberdade dependia de estar solteira ou casada…

Então, hoje estou casada mas, escolhi junto com o meu companheiro uma forma de celebrarmos o nosso Amor autêntica e de acordo com o que ambos sentíamos e sim! Tivemos problemas mas, crescemos imenso e permitimo-nos descobrir como é possível vivermos em harmonia com aquilo que somos.

Hoje, somos ambos praticantes de Yoga e Meditação mas, nem sempre foi assim… Namoramos muitos anos, vivemos juntos, separamo-nos e, depois casamos. Hoje, gosto de dizer sobretudo, que estamos juntos e somos companheiros na ideia de nos empenharmos cada vez mais em fazer crescer o amor que sentimos, especialmente de cada um por si mesmo.

A nossa experiência deu-nos maturidade para perceber que, qualquer relação, seja a de um homem e de uma mulher, seja de pais para filhos, seja profissional, precisa do ingrediente amor para poder tornar-se numa relação saudável, livre e consciente e, esse amor, só se expande para o outro ou para cada relacionamento que vivemos quando ele começa de nós para nós mesmos.

Na próxima sexta-feira, dia 8 das 21:00 às 23:00 eu e o Ricardo vamos voltar a abrir o nosso coração e dar um Workshop sobre Amor, Consciência e Liberdade nos relacionamentos e vamos falar sobre tudo isto. Este workshop não é só para casais!! Iremos abordar questões relacionadas com o Amor numa visão apoiada nos conhecimentos budistas mas é para todos os que querem viver qualquer relacionamento de uma forma mais saudável, livre, consciente e autêntica. Vamos estar abertos a todas as vossas dúvidas e questões e, vamos poder enriquecer os conteúdos deste trabalho porque teremos a visão masculina e feminina, o sentir do homem e da mulher sobre o tema. A sala ainda tem lugar para ti! Se estiveres interessado/a em participar envia email para joanarainha@hotmail.com.

Um abraço, até breve,
Joana Rainha

3

CONCERTO MEDITATIVO.Joana Rainha 09.07

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s