Sobre a próxima Formação de Professores de Lu Jong no Brasil…

FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LU JONG – BRASIL

NOVAS DATAS!!

Foi com alegria e entusiasmo que assisti, no fim de semana passado e via Skype, à certificação dos 14 alunos brasileiros que se formaram comigo como Professores de Lu Jong em Belo Horizonte – Brasil – nos passados meses de Agosto e Janeiro. Foi muito comovente e um orgulho para mim ver as duas turmas juntarem-se numa só, numa mesma sangha e poder aplaudi-los, (ainda que além mar) por todo o processo ter sido concluído com êxito! Uma sangha que revelou uma energia contagiante de alegria e amor!
Comigo cresceram e com eles cresci. Deram-me grandes lições de fé e devoção. Estou muito muito grata!

Veja em baixo as novas datas da próxima turma Brasil!!

A próxima formação de professores intensiva no Brasil de 12 dias será dividida em 2 partes:

1ºparte: de 11 a 17 de Agosto
2ª parte: de 15 a 19 de Dezembro

Saiba mais sobre esta Formação:
Esta Formação de Professores é organizada por uma entidade Internacional – a Nangten Menlang – que apoia o trabalho de Tulku Lobsang, o mestre que tem vindo a divulgar estes ensinamentos no Ocidente (pode aceder ao link aqui). Sou Formadora de Professores autorizada e será um prazer poder transmitir estes ensinamentos àqueles que tenham o desejo de ensinar esta prática, de expandir os seus conhecimentos e de contribuir para a felicidade e saúde de mais pessoas.

Requisitos:
A idade mínima para se tornar professor de Lu Jong é de 21 anos. Não é requisito ter frequentado cursos ou aulas de Lu Jong.

Programa da Formação:
Durante 12 dias serão ensinados os 23 movimentos de Lu Jong de forma detalhada e também o seguinte conteúdo programático:

• Visão geral e background
• Benefícios do Lu Jong
• Introdução à Medicina Tibetana
• Budismo Tibetano e Tantrayana
• Práticas adicionais e modificações: massagem dos 5 elementos de Kum Nye; técnicas de respiração; prosternações; exercícios para gerar calor rapidamente; posições de relaxamento; meditação, entoação de mantra.
• Directrizes para o ensino e prática do Lu Jong
• Organizar uma aula, workshops e cursos de Lu Jong

Sobre o Lu Jong – O Yoga de Cura Tibetano: 
Lu significa corpo e Jong significa transformar. Cada movimento do Lu Jong foi desenvolvido para pressionar determinados pontos do nosso corpo que abrem, curam e transformam ao nível físico, mental e energético. É um Yoga que faz uso do movimento conjugado com a forma e um determinado padrão respiratório. Foi desenvolvido por grandes yoguis desde o tempo de Buda e mesmo antes de Buda – da tradição Bon no Tibete – e foi transmitido de mestre a aluno através de uma linhagem ininterrupta.

MAIS INFORMAÇÕES:
Curso Brasil: formacaolujong1@gmail.com

Até breve,
Joana Rainha

Anúncios

O Yoga feminino…

A todas vocês, lindas Mulheres…

que fazem parte da minha vida e dos meus dias, a quem me dedico, que se dedicam a mim e que me inspiram diariamente. A todas as que ainda estão presentes e àquelas que, não estando fisicamente, continuam a morar no meu coração.

Hoje, expresso a minha enorme gratidão a vocês mulheres, que me ajudam a crescer, que me acolhem, que me abraçam, que me ajudam a sorrir, que me inspiram a ser melhor a cada dia!

Hoje, abençoo-vos a todas com estas pétalas, símbolo do Amor e torço para que o recebam de coração aberto! E, por falar em coração aberto… aqui vão as dicas desta Yogi para um coração bem aberto 😀 !

Um abraço com carinho, amor e dedicação,
E, um agradecimento muito especial à minha aluna Ana que contribuiu aceitando ceder as fotos para este artigo!

Joana Rainha

Yin e Yang

Yin e Yang são conceitos do taoismo que expõem a dualidade de tudo que existe no universo. Descrevem as duas forças fundamentais opostas e complementares que se encontram em todas as coisas: o yin é o princípio feminino, noite, Lua, a passividade, absorção. O yang é o princípio masculino, Sol, dia, a luz e atividade.

O que é o Yin Yoga?

Yin Yoga é uma prática com origem no Taoismo. É uma prática contemplativa, baseada em posturas no solo, mais suaves e lentas, mantidas por períodos de tempo mais longos. A prática oferece um acesso mais profundo a áreas do corpo ricas em tecidos conectivos, possibilitando maior flexibilidade e relaxamento.

Homenagear a sua essência feminina com algumas posturas do Yoga

Sentar em posição de meditação

Comece sentada, numa posição confortável que lhe permita sentir-se com uma boa base no chão e a coluna alongada.

Pare alguns minutos para respirar…

Balasana (postura da criança)

Nesta postura, o corpo permanece virado para o chão, em posição fetal. Os joelhos e ancas dobrados, as canelas no chão. A cabeça é alongada para a frente em direção ao chão – a testa pode tocar o chão. Os braços podem ser alongados para frente, em frente da cabeça ou para trás, para junto dos pés.
Delicadamente, alonga as ancas, coxas e tornozelos
Acalma o cérebro e ajuda a aliviar o stress e a fadiga
Alivia dores nas costas e pescoço, quando feito com a cabeça e o tronco apoiado

Supta baddha konasana (ou postura reclinada em ângulo fechado)

É uma excelente postura restaurativa. Acalma, relaxa, e ao mesmo tempo revigora. Uma boa dica é praticar antes de dormir e após acordar.
Por ser simples e ter muitos benefícios, pode ser praticada por qualquer pessoa, podendo ter pequenas variações no que diz respeito ao uso de acessórios, a fim de se adaptar a qualquer condição. A ideia é que vá experimentando até encontrar a abertura ideal da forma mais confortável possível. Em alternativa aos blocos e bolsters, usados como acessórios na prática do Yoga, pode usar almofadas, travesseiros, tapetes de yoga enrolados ou qualquer objeto que ajude a deixar o peito e a cabeça mais altos que a anca.

Veja alguns dos benefícios desta postura:

– expande as costelas, proporcionando mais espaço para a respiração;

– ajuda a desfazer tensões nos ombros e na pélvis;

– promove a abertura da virilha, ajudando a aumentar a flexibilidade da região.

– proporciona a abertura de toda a parte frontal do corpo, principalmente o centro do peito;

– estimula todos os chakras, mas principalmente o anahata chakra, ou centro do coração;

– ajuda a aliviar cólicas menstruais.

Yoga no avião!

Seja para desfrutar de umas férias, seja por questões de trabalho ou seja por qualquer outro motivo, viajar de avião pode trazer-nos dificuldades e desafios ao nível do nosso corpo e mente.

As longas horas de voo, o tempo de espera de pé nas filas ou sentado nas cadeiras dos aeroportos, as corridas para não perder voos são alguns dos motivos que dificultam as boas posturas e/ou o relaxamento do corpo e da mente. Ficarmos com o corpo imóvel por demasiado tempo ou adormecermos em posturas incorretas tudo isto contribui para a fadiga e tensão muscular e, simultaneamente para uma mente ansiosa e impaciente.

Síndrome do pânico, ansiedade, medo de voar são alguns dos desafios ao nível da mente. Tensão muscular, má circulação sanguínea, retenção de líquidos são alguns dos desafios ao nível do corpo.

Seja como for, dentro ou fora do avião, podemos tornar-nos proativos em minimizar estes efeitos e em melhorarmos o nosso rendimento e eficiência nas atividades que iremos realizar depois de aterrarmos. Isto é possível com alguns exercícios simples e que nos tomarão pouco tempo.

Veja alguns dos benefícios de praticar durante a viagem:

  • Aliviar a tensão muscular (especialmente das zonas mais afetadas como pescoço, cervical, ombros, joelhos, coluna vertebral);
  • Liberta tensão muscular;
  • Melhorar a circulação sanguínea (diminuindo a retenção de líquidos);
  • Diminui a ansiedade e stress;
  • Acalma e relaxa a mente;
  • Ajuda a dormir durante o voo;
  • Prepara o corpo e mente para as tarefas após a viagem.

Deixo-lhe algumas dicas de exercícios inspirados em posturas de Yoga e desejo-lhe um ótimo vôo!

RESPIRAÇÃO CONSCIENTE

Comece por se sentar confortavelmente com a coluna bem estirada e os pés bem assentes no chão. Se os seus pés chegarem ao chão com facilidade pode encostar as costas na cadeira. Faça algumas respirações profundas, procurando direcionar o ar até à parte baixa dos seus pulmões, deixando que o abdomen expanda. Faça no mínimo cinco respirações (pode manter os olhos abertos ou fechados) e concentre-se somente em observar a entrada e saída do ar pelas suas narinas.

ALONGAMENTO DO PESCOÇO

 

 

 

 

 

 

Coloque a sua mão direita sobre a cabeça. Comece por inspirar e ao expirar puxe a sua orelha direita em direcção ao ombro do mesmo lado com a ajuda da mão. Sinta o alongamento do lado esquerdo do seu pescoço. Repita para o outro lado e permaneça no mínimo cinco ciclos respiratórios a cada lado.

POSTURA DO GATO (MARJARYASANA) – variante sentado

 

 

 

 

 

 

 

Coloque as mãos sobre os joelhos. Inspire puxando com as mãos os seus joelhos para ajudar a abrir o seu peito à frente. Expire, empurrando as costas para trás e olhando o umbigo. Faça no mínimo cinco repetições.

POSTURA DE TORÇÃO SENTADO

 

 

 

 

 

 

 

Sentado com a coluna alongada e com os pés bem assentes no chão, coloque a mão direita no lado externo do seu joelho esquerdo e o braço esquerdo fica encaixado atrás das costas (a palma da mão sobre o cóccix). Inspire e, ao expirar torça a coluna para o lado esquerdo (a mão que está sobre o joelho puxa o mesmo ajudando na torção da coluna). Repita no mínimo por cinco ciclos respiratórios (um ciclo inclui uma inspiração e uma expiração). Se possível, vá aumentando a amplitude do movimento durante a permanência na postura. Repita para o outro lado.

ESTIRAMENTO DA COLUNA VERTEBRAL

Estire os braços à frente com as palmas das mãos voltadas para dentro. Inspire elevando os seus braços acima da cabeça, até ao alinhamento das suas orelhas. Entrelace os dedos das mãos e, ao expirar. rode as palmas das mãos para cima. Mantenha a postura no mínimo cinco ciclos respiratórios. Enquanto permanece na postura, procure sentir que o espaço entre as vértebras da sua coluna aumenta e expande a cada nova respiração. Sinta também a pele da palma das mãos a alongar. Antes de baixar os seus braços, rode as palmas das mãos para baixo e desentrelace as mãos.

NOTAS:
Se desejar, pode repetir o exercício de respiração consciente para terminar a sequência dos exercícios.
Os exercícios que apresento são sobretudo para pescoço, cervical e coluna vertebral. Sugiro que, nos momentos em que no vôo seja permitido estar de pé, se levante e caminhe um pouco para cuidar da parte inferior do seu corpo. Pode fazer um exercício de pé, colocando as mãos sobre a cintura. Inspire retirando os calcanhares do chão e alongando as suas pernas. Expire pousando os calcanhares e voltando à posição inicial.
Se for o caso, nos momentos de espera no aeroporto pode também usar as cadeiras do mesmo para exercitar o seu corpo.
No exemplo em baixo:

POSTURA DA COBRA (BHUJANGASANA)
Inspire abrindo o seu peito para a frente e empurrando os seus ombros para baixo e para trás (afastando-os o mais possível das suas orelhas). Apoie bem as mãos nas laterais da cadeira e mantenha as nádegas contraídas durante a permanência da postura. As pernas ficam estiradas e afastadas pela largura das suas ancas com o peito do pé voltado para o chão. Permaneça no mínimo cinco ciclos respiratórios.

Saudação ao sol: tudo sobre esta famosa sequência do Yoga!

A forma como começamos a nossa manhã pode condicionar o nosso estado de espírito durante todo o dia. Por isso, é importante cultivarmos rituais matinais que nos façam sentir bem e que nos garantam a força que precisamos para as horas seguintes.
Apesar de poder ser praticada a qualquer hora do dia, a saudação ao sol (ou, surya namaskar) não é mais do que isso: um ritual em que damos as boas-vindas ao novo dia e renovamos as nossas energias.

Em que consiste a Saudação ao Sol?

É uma sequência de 12 posturas do yoga, por isso, mesmo que seja uma pessoa muito ocupada ou que tenha pouco tempo é um excelente exercício que lhe traz inúmeros benefícios investindo pouco do seu tempo. Do ponto de vista prático, é uma das sequências de posturas mais conhecidas e utilizadas no yoga. E pode assumir inúmeras variações. As mais conhecidas são as versões A e B, mas todas as variações da saudação ao sol são sempre reagrupadas e concebidas para criar um programa de exercício que faça uso de todo o nosso corpo. A ideia é activar os músculos, tendões, ligamentos, articulações e até os nossos órgãos internos.

Quais os benefícios da Saudação ao Sol?

Esta sequência de posturas oferece uma série de benefícios interessantes para cada parte do corpo: coração, fígado, intestinos, estômago, peitoral, garganta e pernas – o corpo todo de cima a baixo.
* alonga e desenvolve flexibilidade corporal;
* em ritmo acelerado, fornece um bom tipo de exercício cardiovascular;
* em ritmo lento, as posturas ajudam a tonificar os músculos e podem ser relaxantes e meditativas;
* alivia a rigidez corporal;
* embora seja uma prática em si mesma, a Saudação ao Sol forma uma excelente ligação entre os aquecimentos e as posturas intensas de yoga;
* purifica o sangue e aumenta a circulação sanguínea pelo corpo, garantindo o funcionamento correto do estômago, intestinos e nervo central;
* ajuda a equilibrar as três constituições – Vata, Pitta e Kapha – das quais o corpo é feito.

Veja no quadro em baixo mais vantagens desta saudação e como pode até perder peso com esta sequência em poucos minutos!

Número de repetições da sequência

O número de vezes que escolhe repetir a sequência é definido por si. No entanto, a repetição por 108 vezes da saudação ao sol é uma prática habitual dos yogis mais empenhados. Nesta prática, assinalam-se alturas específicas do ano como os solísticios e equinócios, altura em que a natureza se renova e os nossos corpos pedem essa renovação também. O número 108 é considerado um número sagrado, por diversas razões matemáticas, físicas e metafísicas. Se multiplicar 1 elevado a ele mesmo por 2 elevado à 2ª e por 3 elevado à 3ª o resultado é 1 x 4 x 27 = 108. Outro exemplo é a distância média entre a Lua e a Terra que é de 108 vezes o diâmetro lunar.

Confira todos estes benefícios experimentando começar o seu dia saudando o sol.
O seu corpo acorda para um novo dia e fica revigorado! A mente acalma e desperta. 

Joana Rainha

 

 

 

6 minutos de Yoga para uns abdominais fantásticos!

Com a proximidade do Verão, a vontade de termos uns abdominais definidos e a procura de exercícios para trabalhá-los aumenta. Para muitos, a motivação, é a questão estética.
No entanto, sabia que, trabalharmos os nossos abdominais e o core é de importância vital para a nossa saúde?

Atrás da parede abdominal encontram-se as partes vitais do nosso organismo, portanto os exercícios abdominais ajudam na manutenção da tonicidade muscular desta região do corpo, evitando a degeneração de fibras que acabam por relaxar pela pressão e pelo peso dos órgãos. A musculatura abdominal mantém o tronco ereto evitando a diminuição das funções orgânicas. Quando a nossa musculatura abdominal é fraca dificulta a eliminação de resíduos, facilitando a formação de hérnias e o surgimento de hemorróidas. Quando esta musculatura é forte evita-se a oscilação pronunciada da pélvis. Os músculos abdominais quando não trabalhados fazem com que o estômago fique dilatado por não encontrar resistência e passamos a ingerir mais alimentos, possibilitando a obesidade.

Os exercícios abdominais promovem a saúde e também a estética!

Apresento-lhe alguns exercícios de Yoga que podem ser úteis para começar a trabalhar a sua zona abdominal.

Desejo-lhe um Verão fantástico e cheio de Saúde!

Até breve,

Joana Rainha

Yoga antes de dormir: dicas para melhorar a sua noite de sono!

Um dos muitos e grandes benefícios do Yoga é a melhoria da qualidade do nosso sono. Depois de algum tempo de prática, os praticantes sentem o corpo mais relaxado, a mente mais calma e começam a dormir melhor. Este relaxamento é fruto de todo o movimento corporal realizado através das posturas (ásanas) juntamente com a respiração.

Apresento-lhe algumas dicas de respiração e quatro posturas perfeitas para relaxar antes de dormir:

RESPIRAÇÃO:
* Experimente inspirar calmamente e expirar de forma suave entrando em contacto com o seu corpo. Depois de algumas respirações introduza contagens, procurando inspirar em quatro tempos, deixando o ar circular e expirar em oito tempos.

ÁSANAS (posturas):

Balasana (postura da criança)

De joelhos no chão, coloque as suas pernas de modo a que os dois dedos grandes dos seus pés se toquem. Afaste os seus joelhos um do outro. Deixe o tronco cair entre os seus joelhos e repouse a sua testa no chão. Procure aproximar o seu peito do chão, alongando a sua coluna a cada expiração. Relaxe os braços e coloque-os ao longo do seu corpo com as palmas das mãos voltadas para cima. É muito importante que se mantenha a respirar.

Uttanasana

De pé, coloque os pés paralelos e unidos e solte os joelhos. Inspire, elevando os braços até cima da cabeça e, ao expirar flita o seu tronco à frente, aproximado-o das suas coxas. Se o seu corpo permitir pode agarrar os tornozelos com as mãos e manter-se a respirar na posição.
Outras variantes: agarre os seus cotovelos se quiser uma postura mais activa ou deixar simplesmente os seus braços penderem se quiser relaxar mais. Rode a cabeça suavemente para libertar alguma da tensão que acumula nos ombros e pescoço.

Viparita Karani (postura de ação invertida)

Sente-se de lado próximo a uma parede, com a parede à sua esquerda.
Deite-se sobre o lado direito, olhando na direção oposta da parede e com as nádegas completamente encostadas na mesma. Usando os braços, eleve as pernas contra a parede enquanto vira para a esquerda e se deita sobre as costas. Deixe os braços relaxados nas laterais do corpo. As palmas podem ficar para cima para ter mais abertura ou para baixo para maior apoio. Respire fundo nessa posição por pelo menos cinco vezes.
Nota: pode usar uma manta ou almofada por baixo da sua lombar para maior conforto na postura.

Savasana

É uma das posturas de descanso mais populares no yoga. Deite-se no tapete, com a cabeça voltada para cima. Mantenha os pés e as pernas afastados. Abrace os seus joelhos, aproximando-os do seu tronco enquanto inspira. Ao expirar, devolva-os ao tapete. Relaxe os braços e mantenha as palmas da mãos voltadas para cima. Relaxe o pescoço e a linha dos ombros rodando a cabeça suavemente do lado direito para o lado esquerdo e vice-versa. Mantenha o queixo recolhido ao peito para alongar a sua cervical.

Desejo-lhe uma ótima noite e um sono feliz!

Joana Rainha

Evento: Retiro especial só para Mulheres!

retiro-mulheres-pocket-portugal-2017

Queridas Mulheres,

Hoje trago um convite somente para vocês…

Eu e a terapeuta Kamalinii, co-fundadora da Casa de Lakshmi com sede no Rio de Janeiro, decidimos unir o nosso trabalho e experiência para criar um evento super especial – um Retiro só para Mulheres.
Este retiro será um profundo mergulho no mais sagrado do seu feminino, na sua Deusa interna e na sua essência feminina. Iremos juntas, co-criar um espaço de muita confiança e segurança, para cada uma poder acessar conteúdos importantes da sua história e poder colaborar com o processo de outras mulheres.

O que vamos trabalhar?

Neste retiro terá a oportunidade de passar por uma linda experiência de aprendizagem sobre si mesma, transformar crenças e padrões limitantes, desmistificar a sua sexualidade e cuidar da sua saúde íntima feminina.
Nós mulheres, vivemos ainda as consequências de um mundo repressor e patriarcal. Assim, abordaremos temas em relação a repressão do feminino que geram disfunções importantes nas emoções, na psique e desequilíbrio no corpo físico na mulher atual.

Como vamos trabalhar?

Através de dinâmicas vivenciais em grupo, exercícios de bioenergética, meditações, respiração consciente, yoga, práticas de relaxamento e a aprendizagem de técnicas do Pompoarismo.*

  • No ocidente o Pompoarismo ficou conhecido através do Dr. Kegel, um ginecologista que começou a utilizar estes exercícios para tratar disfunções sexuais. O Pompoarismo tem sua origem no Tantra Milenar, e vem sendo passado de mães para filhas através do ensinamento de exercícios para a saúde íntima. A preparação para o sexo sagrado, Maithuna, sempre foi foco das sacerdotisas em seus rituais de fertilidade. A palavra sacerdotisa vem do latim sacerdos = sagrado + otis = representante; portando “representante do sagrado”.
    O que poderá conquistar através deste trabalho?

Mais:
*saúde; energia vital; calma mental; consciência; felicidade; amor por si mesma; auto-confiança; empoderamento. Irá renascer no universo feminino.

Na sua saúde
. Fortalecimento dos músculos da vagina.
. Evitar a queda de bexiga, útero e/ou intestino.
. Prevenir e ajudar no tratamento da incontinência urinária.
. Melhorar a lubrificação vaginal.
. Diminuição de cólicas menstruais.
. Diminuição de prisão de ventre.
. Facilita o parto normal e ajudar na recuperação.
. Ajudar no reequilíbrio hormonal no período da menopausa.
. Ativar a circulação sanguínea, irrigando os órgãos do baixo ventre.

Na sua sexualidade:
. Aumento da líbido.
. Aumento da produção de feromônios.
. Ajudar no tratamento da anorgasmia, vaginismo e frigidez.
. Melhorar o seu prazer sexual.
. Melhorar o prazer sexual de seu parceiro.

No seu corpo energético e comportamental:
. Empoderar-se como pessoa e como mulher.
. Desenvolver a auto-confiança.
. Trabalhar a energia criativa localizada no chakra básico, facilitando seu poder de ação e materialização sobre a vida.
. Elevar a Energia Kundalini, a mais poderosa força energética do sistema humano.
. Aumentar a carga de energia vital.

Quando e onde?
slide1

Valores incluem:

  • alojamento em quartos twin;
  • pensão completa (todas as refeições incluindo coffee-breaks);
  • todos os ensinamentos e práticas;
  • acesso ao spa do Hotel (sauna, jacuzzi, banho turco) e piscina interior/exterior;
  • acesso a todos os espaços de lazer do Hotel, estacionamento e internet (wi-fi) gratuitos;

slide2

Deseja inscrever-se?

Clique aqui 

Outras informações:

  • Escreva um email para joanarainha@hotmail.com se desejar mais detalhes sobre este evento;
  • A garantia de vaga depende da efetivação do seu pagamento, e lembramos que as turmas costumam lotar com muita antecedência.
  • Aceitaremos inscrições até o dia 30/04 caso ainda haja vagas.
  • Assim que você preencher a ficha de inscrição no link acima e escolher a forma de pagamento iremos enviar um e-mail com os dados bancários para pagamento.

slide1

MARÇO: O Universo Feminino: atividades especialmente dedicadas às Mulheres!

slide1

Estamos em vésperas do mês de Março, mês especialmente dedicado à mulher. Veja as propostas que temos para si, criadas com todo o carinho e atenção a pensar no Universo feminino.

Já na próxima sexta-feira, receberei no meu Estúdio de Yoga e Meditação a brasileira Adriana Siquara que nos traz a sua sabedoria no trabalho de auto-cuidado e auto-conhecimento, nutrição da pele, relaxamento do corpo e da mente. Haverá Workshop para aprender técnicas de Auto-Massagem, Dia de Massagem Ayurvédica e uma Aula Especial de Qi Gong.
E, em Maio, no fim de semana de 5 a 7, eu e a brasileira Carol Kamalinii iremos facilitar um retiro só para Mulheres com ensinamentos de Pompoarismo para a saúde feminina e também momentos com Yoga, Meditações, Relaxamento e Celebração! Sobre este retiro receberá informações mais detalhadas em breve.

Cuide-se, mime-se e ouse ser uma Mulher plena de saúde e vitalidade!

Até breve,
Seja feliz
Joana Rainha

4

Descrição do Evento:
Um Workshop para aprendizagem de técnicas de auto-massagem baseadas em manobras de massoterapia ayurvédica e drenagem linfática e
manipulação de pontos de acupuntura.
Objetivo: auto cuidado e auto-conhecimento, nutrição da pele, relaxamento do corpo e da mente.

6

Um dia somente dedicado à Massagem Ayurvédica.
Em que consiste a YMAT (Yoga Massagem Ayurvedica Tradicional)?

É uma técnica de massagem originada na índia, criada pela mestra kussum modak, que une duas técnicas milenares de cura utilizadas pela medicina indiana que são as massagens ayurvédicas e a yoga.
A sessão de YMAT proporciona um profundo relaxamento do corpo, pois mobiliza a musculatura e articulações e realiza um intenso trabalho de alongamento.
Esta massagem é indicada para relaxamento de tensões musculares, problemas articulares e circulatórios e alívio do stress físico e mental.

É necessária marcação para reserva de horário – joanarainha@hotmail.com

2

Em que consiste o Qigong? 

Qigong é uma técnica terapêutica milenar da China antiga. Qigong significa trabalho, treinamento e cultivo de nossa energia vital em sua prática física e mental resultando em mais saúde e vitalidade para o praticante (Posadzki,2010)
A prática do Qigong está pautada em três pilares: a respiração, o movimento e a atitude mental. Poderíamos defini-la como uma meditação em movimento onde o estar presente é fundamental. Estar presente no seu corpo, observa-lo e estar consciente da sua energia.
Os movimentos unidos à respiração e aos pensamentos meditativos induzem o fluxo correto de energia e sangue equilibrando todo o organismo. O que proporciona nutrição orgânica de um modo geral. Traz benefícios à digestão, função cárdio-respiratória, função renal e funcionamento do sistema músculo-esquelético.
Além disso a prática continua do Qigong nos permite ter mais consciência e controle das nossas emoções. E também é uma forma de armazenar energia vital.

Logo_amarelo

Glúteos definidos com Yoga!

10-grSabia que algumas posturas de yoga são muito eficazes para esculpir, modelar e tonificar o nosso corpo?
De uma forma simples, sem usar equipamentos e em qualquer lugar, poderá fazer estas posturas do Yoga que, ao fazerem uso do peso natural do nosso corpo permitem a definição e o reforço muscular. Ah! Sem esquecer que queimamos calorias e aumentamos o nosso metabolismo!

Hoje as posturas de Yoga que apresento são especialmente para trabalharmos a parte inferior do nosso corpo e os nossos glúteos.

Para um trabalho mais completo e eficaz veja aqui as posturas de Yoga que revelei para obtermos umas pernas definidas e que também trabalham os nossos glúteos.

1 – Baddhakonasana (Postura da Abelha)

Sente-se com a planta dos pés unidas. Mantenha a coluna alongada e vertical. Faça pressão com os pés juntos e mantenha a postura durante cinco respirações.
Variante: se o seu corpo permitir, pode reclinar o tronco um pouco à frente e colocar os cotovelos sobre o interior das suas pernas, empurrando os joelhos contra o chão a cada expiração. Este exercício permite abrir a anca.

slide1
2- Variante de Marjariasana (Postura do Gato)

Apoie as mãos e os joelhos no chão. As mãos devem ficar no alinhamento dos ombros e afastadas à largura dos ombros, os joelhos por baixo das ancas e afastados na largura das mesmas. Ao inspirar olhe em frente, abrindo o peito e eleve a perna direita com a planta do pé a apontar para trás . Ao expirar aproxime o joelho da testa. Repita para a outra perna (cinco respirações para cada lado).

slide2 slide3

3 – Eka Pada Adho Mukha Svanasana

Inicie com a postura do cão com a cabeça para baixo (Adho mukha svanasana). Una os pés. Levante a perna direita para cima mantendo o pé esquerdo no solo e apoiando-se nas duas mãos. Mantenha cinco respirações e repita o movimento com a outra perna.

slide7

Variante para tornar o exercício mais dinâmico e eficaz: depois de esticar a perna para cima (na inspiração) traga o joelho ao peito (expirando). Repita cinco vezes para cada perna.slide4

4 – Utthita Trikonasana (Postura do Triângulo)

Afaste os pés, aproximadamente cinco palmos e mantenha-os paralelos.
Rode os dedos do pé esquerdo para fora cerca de 90 graus. O calcanhar do pé direito gira, formando um ângulo de 45 graus em relação ao pé esquerdo e deve ficar alinhado pelo calcanhar do pé esquerdo. Mantenha a anca para a frente e o cóccix para baixo.
Eleve os braços ao inspirar à altura dos ombros e, ao expirar flexione o tronco na lateral esquerda colocando a mão sobre o joelho (ou canela) ou toque com os dedos da mão esquerda no chão. O braço direito fica elevado na direção do teto, no alinhamento do ombro. O olhar acompanha o polegar direito e o pescoço fica no prolongamento da coluna. Sinta o glúteo direito a contrair e a trabalhar. Mantenha cinco respirações. Repita para o outro lado.

slide5

5- Virabhadrasana (Guerreiro III)

Fique em pé, mantenha os pés à largura das ancas e os braços ao longo do corpo. Inspire e eleve os braços, mantendo o pé esquerdo bem firme no chão e com tranquilidade vá inclinando o corpo a frente enquanto eleva a perna direita para trás, até que a mesma fique completamente estendida.
A coxa da perna direita fica voltada para baixo e a anca para baixo e paralela com o solo. O resto do corpo inteiro permanece na horizontal. Os braços bem estendidos à frente e a coluna e a perna direita paralelas ao teto.

slide6

Se desejar, partilhe comigo os seus resultados!

Um abraço,

Joana Rainha

Pernas definidas com Yoga!

blog5

Ter umas pernas definidos é muito mais do que uma questão meramente estética. Se caminhamos é graças às nossas pernas e são elas que nos permitem chegar onde desejamos. E, com umas pernas fortes e uns músculos firmes e bem definidos, não será que vamos mais longe?

Hoje revelo alguns exercícios de Yoga para tornar as nossas pernas mais definidas e que podem ser feitos em casa.

1 – Malasana (Postura do Pato)

Afaste os pés e mantenha-os apoiados no chão e baixe as suas nádegas inspirando. Leve as mãos em frente ao peito unidas e mantenha a coluna alongada. Ao expirar suba para ficar de pé. Volte à posição inicial. Repita cinco vezes.
slide2

2 – Utkatasana (Postura da Cadeira)

Comece com os pés unidos. Inspire e levante os seus braços sobre a cabeça unindo as mãos. Ao expirar flexione os joelhos até ficar numa posição como se fosse sentar e mantenha cinco respirações. Esta postura é também eficaz para o trabalho dos glúteos.
slide1

3 – Virabhadrasana II (Guerreiro)

Dê um passo grande com o pé direito, atrás. Rode o pé esquerdo para fora e mantenha o calcanhar alinhado com o arco do pé ou calcanhar do pé direito. Mantenha as ancas para a frente e o cóccix para baixo. Inspire e eleve os braços à altura dos ombros. Ao expirar flexione o joelho esquerdo mantendo-o alinhado com o tornozelo. Alongue a coluna vertebral e não deixe que o tronco se mova para a frente. Contraia o abdômen. Mantenha o olhar no dedo médio da mão esquerda e o queixo paralelo ao chão.

slide34 – Lutasana (Aranha)

Afaste os pés um pouco mais que a largura da suas ancas. Os pés ficam bem apoiados no chão. Ao expirar flita as suas pernas até fazerem um ângulo de 90º. Apoie as mãos nas pernas, com os dedos voltados para si e com os braços fazendo um ângulo de 90º. O tronco deve fletir um pouco à frente. Mantenha cinco respirações.

slide45 – Postura da ponte (SetuBandhasana)

Comece deitado de costas. Flita os joelhos e coloque os pés no chão, afastados à largura das ancas e a um palmo das suas nádegas. Deixe os braços ao lado do corpo e próximos dos calcanhares com as mãos voltadas para baixo. As laterais de fora dos pés devem estar paralelas.
Pressione os pés contra o chão (especialmente a articulação do dedo grande do pé), encaixe o cóccix e eleve os quadris e as nádegas.
Entrelace os seus dedos por baixo das suas costas e se possível, aproxime os ombros e as omoplatas. Respire profundamente pelo menos cinco vezes nessa posição.
Para variar um pouco esta asana, levante uma das pernas e mantenha durante algunos segundos, conseguirá uns glúteos firmes em pouco tempo. Repita também com a outra perna.

slide6

Logo_amarelo